Acompanhe as notícias do setor da educação

Publicamos regularmente as últimas e principais novidades do setor da educação e principalmente as ações em que a ANDAEP intervem. Visamos assim contribuir para elevar a qualidade de desempenho das escolas públicas portuguesas. Acompanhe-nos.

Convocatória Assembleia Geral - 30 de Junho 2020

22 Jun. 2020

ASSEMBLEIA GERAL Nos termos do n.º 2 do artigo 12.º dos Estatutos da Associação Nacional de...

VIII Convenção Nacional

21 maio 2020

É já no próximo dia 6 de junho de 2020 que se realiza a VIII Convenção Nacional da FNE (Federação...

Ofício da ANDAEP enviado ao ME - abril 2020

29 Abr. 2020

Assunto: Implicações das consequências do Covid-19 no decurso do 3.º período letivo e no ano...

Mensagem Conjunta FNE, CONFAP e ANDAEP

27 Abr. 2020

O eventual regresso dos alunos às escolas, no presente ano letivo, só deverá acontecer, na opinião...

Heróis!

27 Abr. 2020

Decorrida a 1.ª semana do #EstudoEmCasa (a renovada "telescola"), é a altura para fazer um balanço...

Educação na quarentena

24 Abr. 2020

Já dizia Pitágoras: eduquemos as crianças para que não seja necessário punir os adultos.

Oportunidades I: digital

24 Abr. 2020

Todas as situações difíceis, como a que nos assola atualmente, abrem portas a oportunidades de...

Saúde, Saúde, Saúde

13 Abr. 2020

Nove de abril apresentou-se como o Dia D para as escolas, aguardado com enorme expectativa por...

António Costa promete que, entre os alunos, a desigualdade no acesso ao mundo digital vai acabar já a seguir

13 Abr. 2020

“Aconteça o que acontecer”, no próximo ano lectivo vai estar “assegurada a universalidade do...

SEJA SÓCIO

Torne-se nosso associado e ajude-nos na missão de melhorar o ensino público em Portugal.
Saiba mais...

Filinto Lima
Professor e Diretor.
Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos e Escolas Públicas

As escolas, os autarcas e o Governo vivem um clima de desconfiança mútua no que à descentralização diz respeito, alardeando questões díspares: uns referem a perda de autonomia; outros reivindicam o envelope financeiro; a tutela empandeira áreas de competências que lhes alavancam maiores constrangimentos.


As direções executivas têm motivos redobrados para estarem de pé atrás, temendo o novo pacto entre os dois maiores partidos políticos, que outrora resultou em desaire aquando da constituição das agregações de escolas, vulgo mega-agrupamentos. Foi, claramente, um dos maiores desatinos cometidos na educação, fruto de visão míope, castrando projetos educativos e sonhos de milhares de professores, à laia de gentrificação parola.

Regra geral, a existir consensos (facto raríssimo entre "as comadres"!), mesmo que implícitos, configuram asneira da grossa, dolosa e com consequências nefastas.

Que dizer:

1. De uma descentralização atabalhoada, à la carte, que não implique a extinção de uma qualquer repartição em Lisboa? No mínimo estranho!

2. Do feudo do Governo em que se tornará a Parque Escolar, espécie de troféu do anafado centralismo? No mínimo suspeito!

3. Dos inúmeros passageiros dos vários distritos que, à segunda-feira, partem nos expressos respetivos, carregados de papelada para despachar em Lisboa? No mínimo constrangedor!

4. Dos representantes da Educação (professores, diretores, técnicos) que desmereceram franca participação na discussão desta importante alteração estrutural que, à-toa, querem impor? No mínimo imprudente.

Por estas e por outras, as escolas continuam céticas face a incoerências perpetradas, reféns de uma tirania nada esclarecedora. São dignas de melhor sorte!

*Presidente da Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos e Escolas Públicas

 

Aconteceu!

2.º Congresso das Escolas - A Pedagogia das Escolas

Congresso para discutir pedagogia organizado pelas associações de diretores de escola portugueses, com o apoio da Fundação Gulbenkian.

14 e 15 Novembro • Fundação Calouste Gulbenkian - Lisboa

 

Saiba mais...